quinta-feira, julho 07, 2011

O tempo não dá tempo,vamos dar uma volta?





É incrível como o mundo dá voltas, hoje você está aqui, amanhã você estará no mesmo lugar, mais com condições bem diferentes, novos amigos, novos relacionamentos, uma vida estável; claro se você batalhou para isso! Mais a questão é; o mundo dá voltas, onde faz você refletir coisas que jamais antes passaram pela sua cabeça, pessoas que você nunca imaginou ter como amigo, lugares onde você pensou que nunca estaria e loucuras que nunca passaram pela sua cabeça um dia, mais a vida é assim, cheia de surpressas, e como nos surpreendemos com nossas atitudes, gestos, olhares e palavras; São detalhes que muita das vezes pode não ter significado algum, mais que valem muito, pois estamos falando da nossa vida. O tempo nos ensina a crescer, a ver o mundo de varias formas e maneiras diferentes, ensina-nos novas palavras, apresentam pessoas que deixam seus rastros, pessoas eternas e novas oportunidades, o tempo nos ensina a viver com as pedradas, a amadurecer com as conseqüências e a viver com tolerância. Essa volta toda que a vida nos leva a percorrer faz nos voltar ao passado e observa como o mundo é pequeno e como as coisas mudam sem você muito se mover, hoje você é maduro, responsável e criativo, ontem você era apenas uma criança tentando aparecer para o mundo, tentando loucuras para ser visto na sociedade, correndo quilômetros para vencer a distancia, acelerando o tempo para não ver a os dias passarem, escondendo o sorriso para que não percebam que você é feliz assim do jeito que esta, mas enfim a vida muda, você cresce e tudo cresce com você! O tempo não para e você continua a conquistar seu espaço e cada degrau de vitória,  você analisa uma construção para uma nova etapa, a vida é assim, você encontra velhos amigos, velhos amores e verá que quem faz o mundo girar é você, e quem muda seu destino é você! Então vamos dar volta ao mundo, porque o mundo dá voltas...


“... É preciso coragem para crescer e tonar-se o que você realmente é...” (E.E Cumming)

Panmela Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário