terça-feira, outubro 04, 2011

"Sem Palavras"



Sabe quando você está feliz e não consegue  conter- se? Sabe aquele sorriso bobo estampado de orelha a orelha? E aqueles olhinhos piscando? Ou aquela vontade de sair correndo gritando de felicidade? Aquele abraço dado com vontade como se tivesse abraçando o mundo todo? Tudo que você olha é bonitinho, engraçadinho e tudo é bobinho? Sabe aquela vontade de sorrir e chorar ao mesmo tempo? É, é assim...
Pela primeira vez não consigo detalhar no papel meu sentimento, torna- lo em poema, ou apenas um simples texto ou até mesmo uma linha de pensamento!
Você deve estar imaginando, ela está é com sintomas de mulher apaixona! Mas digo a você que não é paixão! É algo simplesmente que não sei explicar em palavras; “Sem Palavras”. É uma felicidade contagiante que por saber que hoje estou viva e a cada dia  firmes no caminho do Senhor, feliz por poder compartilhar essa felicidade, e por saber que Deus é Senhor e Rei misericordioso. Obrigada Espírito Santo!
 São 00h16 minutos de domingo e eu não consigo pregar os olhos e nem  por as palavras em linhas, mas soube que não são necessária somente palavras para expressar  os grandes sentimento; Simplesmente a maneira de como nos manifestamos mostra o que realmente somos e  sentindo.

25 de Setembro 2011.

Panmela Pacheco


Nenhum comentário:

Postar um comentário