terça-feira, outubro 16, 2012

Diga !




E toda vez que ouço aquela musica  volto no tempo,
volto a alguns anos onde minha pequena casa era enorme,
Meu pequeno quintal era um enorme jardim,
A minha rua tinha um morro sem fim,
E ao dormi parecia que a noite tinha uma semana...

Onde tudo era tão simples,
E com um sorriso conquistava o infinito das cores,
Meu céu era tão azul,
Meu sol brilhava mais que o ouro,
E tudo era tão engraçado.

 Lembro de coisas como se fosse hoje...
Das brincadeiras de rua,
Das paixões não correspondida,
Das vezes que chorei escondido para que ninguém percebe,
E das vezes que fiz birra para chamar a atenção,
Das artes, das criações e dos pensamentos escondidos.

Fecho os olhos  e viajo nas lembranças,
De onde o medo era maior que a coragem,
As palavras não existiam,
E meus pensamento era só pensamentos.

Hoje ao ouvir essa música vejo quanta coisa boa aconteceu,
Mais que poderia ser melhor ainda se falasse tudo que eu queria dizer,
Sem medo das reações das pessoas,
Sem medo das conseqüências...

Por isso hoje digo o que tenho que dizer,
E aproveito cada minuto ao lado de quem amo,
Porque a vida é passageira e depois poderá ser tarde demais para se lamentar,
 E apenas viver as lembranças e talvez questionar.
Eu poderia mudar!

Então diga o que tem pra dizer...


Panmela Pacheco



Nenhum comentário:

Postar um comentário