sexta-feira, outubro 19, 2012

"Parada no Tempo"



Tenho tantas palavras para expressar,
Mais as palavras não consigo liberar,
É a vontade de gritar que me sufoca,
As lagrimas correm, fazendo -me parar.
 As palavras saem sem rimas,
Sem emoção, sem citação,
Talvez por não me liberar,
Ou achar que é somente uma expressão.

Sabe quando você tem muito para dizer?
Mas nada consegue a não ser parar no pensamento?
Sabe Aquela vontade de gritas?
Mas não quer que ninguém escute?

Parada no tempo eu vou seguindo,
Sem rumo, sem chão…
Pensando na vida, num passo,
Quem sabe naquela decpção
Não sei dizer,
Nem mesmo falar, ao menos me expressar.

Apenas choro,
Canto em pensamento,
Olho para céu e paraliso meus pensamentos…
É, parada no tempo!


Panmela Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário