terça-feira, abril 26, 2011

" Mascara"

Através da mascara
Esconde se o olhar
Esconde se o rosto
Esconde se o Eu

Não quer reconhecer
Quem é, e nem para onde vais,
Quer a distância,
Longe de lembranças.

Nada melhor que sonhar
Nada melhor que viver
Mas até quando?

Quando a mascara cair,
Talvez seja tarde demais
Longe demais
E distante de tudo que já conquistou.

Á mascara, ela cai...
A face desfaz,
A boca cala se
E o olhar fala...

Mas até quando?
Quando ela cair?
Não!
Deixe você ela,
E viva você!

Viva sem mascaras
Sonhe sem mascaras
Ame sem mascara
E veras que nem falta sentiras...

Porque nada como olhar no espelho
Ver-te nele, e ser
 Você mesma,
Sem mascara...


Panmela Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário